• Armazém na Estrada

Poesia sem Amor

Atualizado: Mar 12

por Daniel Junior

O divórcio

O ócio 

Sozinho...

O vazio

Calor, frio

Calafrio

Despido do orgulho 

Me sinto um entulho

E pasmo,

Nem percebo a noite 

Que passa num açoite 

Num galope rasante

E eu, ainda pensante

Escrevo... Escrevo...

E vivo me percebo

Ainda pulsante

E da vida sendo amante

Ah! A vida

Que persiste em ser revivida

Mas, o amor se vai...

Se desfaz

Jaz.


Daniel Junior é poeta e pedagogo

53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo