• Armazém na Estrada

O olhar dela disse preto

um poema por Filipe Soares


O olhar dela disse preto,

por puro julgamento,

por puro preconceito,

o olhar dela disse

preto. Julgando ser errado,

achou que tava em perigo só pela minha cor.

Guardou o celular e logo se consertou,

quando o olhar dela disse,

preto.

Olhou pra trás sem nem virar a cabeça,

e assim mesmo eu vi a sua cara de desespero,

por causa da porra do preconceito,

o olhar dela disse

preto.

Evitei me mexer pra não assustar,

mas ela levantou, bem rápido,

puxou a corda e desceu depois de me julgar,

quando o olhar dela disse

preto!


Filipe Soares é jornalista e "escrevedor".

perfil no instagram: @liipeesoares

216 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo