• Armazém na Estrada

São João Dendi Casa (aniversário: Armazém na Estrada)


Nas Festas Juninas de 2020 foram iniciadas as publicações de Armazém na Estrada como um projeto sem ambições focado na interação literária. Quem diria que 01 ano depois, o poema motivador da primeira edição (supostamente datado e momentâneo) permaneceria tão atual e cotidiano: 'São João Dendi Casa', do poeta Daniel Junior.

Armazém na Estrada virou revista e atravessou fronteiras: intercâmbios interestaduais no Brasil e na América do Sul, Portugal e países lusófonos africanos.

Celebrando o Aniversário de 01 ano, a releitura do poema junino.


São João Dendi Casa

por Daniel Junior



A Beira Rio sem enfeite,


Dá uns aperto nos peito,


Um misto de dor e vazio,


Em contraste


Com a neblina e o frio,


Vai faltá o calor de gente,


Dançando um forrozin envolvente,


Vai faltá o resfulengo da sanfona,


E inté as menina fujona,


Vai faltá o xêro no cangote,


Com a morena dançando xote...


E vai ficar todo mundo na saudade,


E essa é um trem que maltrata,


Mas, pelo menos não mata.



Fique dendi casa!


Monte seu cenário,


Prepare seu repertório,


E reze no seu oratório,


Reze pra Santo Antônio,


Pra São João e São Pedro,


Protegidinho e sem medo,


Prepare sua canjica,


Seu milho, amendoim e licor,


E dance a noite todinha,


Grudadinho com seu amor,


E se não tiver um amor,


Não tem segredo e nem aperreio,


Se junte com você mesmo,


Dançando com seu espelho.


E... Se avexe não,


Espere a poeira no terreiro assentá,


E paroano nós vai


Se encontrá,


Por ora, "tu fica de lá",


E "eu fico de cá",


E chama no celulá,


Pra mode a saudade


A gente matá.



Daniel Junior é poeta e professor.

121 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Lágrimas