• Armazém na Estrada

Escuridão

por Valter Moraes


Há uma escuridão dominando o tempo,

propositalmente dominando o tempo.


Há um tempo espalhando a escuridão

das cavernas nos homens

toscos, estupidamente primários.


Há o domínio dos homens

presos no tempo

das cavernas, na realidade

das sombras tenebrosas.


Eles quebram as correntes,

saem das cavernas e

continuam presos

na sua pequenez, não conseguem

enxergar o sol...


E as sombras das cavernas

cercam os homens

presos nas cavernas

no submundo do próprio homem.


Presos em si mesmos,

não conseguem

ver a dimensão da sua tragédia,

vivem alienados na extensão

da sua própria miséria.


Somente a sombra da caverna...

Somente a sombra da caverna...

Somente a sombra da caverna!


Reproduz

a miséria longe da realidade

em si, longe do espetáculo

da vida, sem ao mínimo dar-lhe a oportunidade

de ser humano.


Valter Moraes é poeta, filósofo e comunista.

53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo