• Armazém na Estrada

Agricultura é Poesia

por Nícollas Pimentel


Do campo emana a beleza

Pra quem enxerga sutileza

Das reservas à planta inteira

A arte de manejar


O trabalho precede a mesa

Arroz, feijão, cuscuz, aveia

Cada canto tem sua receita

Sensações vem despertar


Da nutrição à matéria seca

Com suor, sol e destreza

As águas vem, com certeza

São José vai ajudar


Tem milho cozido e canjica

Quadrilha de festa junina

Do veeiro vêm energia

Um licorzinho pra esquentar


Painho já me dizia

Que nada disso teria

Se não fosse a valentia

De as terras agricultar


Sem graça a vida seria

Sem o cheirinho da cozinha

Mainha grita com alegria

Tá na hora do jantar!!


Nícollas Pimentel é estudante de Agronomia

e lavrador de versos nas horas vagas




104 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Lágrimas