• Armazém na Estrada

É arriscado viver

por Margarida Fontes

Todas as manhãs escrevo uma história bizarra.

É a minha forma de esticar a vida.

Abro a minha cabeça de sonhos da noite passada e pressinto, em ebulição, cores que eu própria inventei. Acordo-as todas, uma por uma;

Ao despertarem-se, vejo tons mais afoitos e alegres, alguns ariscos, e uns desconfiados e traiçoeiros.

Umas cores rejeitam-me e partem, outras voltam a dormir. As que ficam, com o tempo, viram bichos, machos e fêmeas

Assustadores, por vezes

mas são anjos, na verdade.

Nunca me deixam só

Viver é muito arriscado.


Margarida Fontes é jornalista e escritora.

Autora dos livros (poesia):

“De Lírios” e “Confidências do Tempo”.

Nasceu na Ilha do Fogo, em Cabo Verde,

e reside na Ilha de Santiago.

Para adquirir o livro “Confidências do Tempo” clica AQUI!

126 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Lágrimas